INSCREVA-SE PARA RECEBER NOVIDADES E CONTEÚDOS EXCLUSIVOS
arrow&v

ENVIADO!

  • Clinicorp

Como escolher a franquia ideal para uma clínica de estética

Atualizado: Abr 27

Migrar para o sistema de franquias e empreender com uma marca que já tem conhecimento de mercado, identidade sólida e possui tempo de estrada, tem sido cada vez mais atrativo para inúmeros proprietários de clínicas de estética.


As franquias ou sistema de franchising, são um segmento incrível para quem deseja começar a empreender em uma clínica de estética ou acelerar o seu crescimento, através do suporte de quem já possui um modelo de negócio testado e validado pelo mercado.


Porém, se você está considerando ser um franqueado e quer saber qual o primeiro passo a ser dado, é essencial que você fique atento a alguns aspectos muito importantes para escolher a franquia ideal para sua clínica de estética e não acabar entrando em uma fria.


Neste artigo, vamos abordar quais são esses fatores e ajudar você no processo de tomada de decisão tão delicada e importante na vida de qualquer empreendedor da área de saúde estética. Confira!


A seguir, você verá:



O que são os sistemas de franquia para clínicas de estética?


O primeiro passo de quem pensa em se tornar um franqueado é básico, consiste em conhecer e entender, o que é e como funciona um sistema de franquias. Vejamos a seguir:


Uma franquia ou sistema de franchising, é um modelo de distribuição de serviços, onde um franqueador concede acesso ao seu conhecimento comercial, processos e marcas registradas, permitindo que, sob uma licença, um franqueado tenha uma clínica de estética baseada neste modelo.


Do outro lado está o franqueado, que em troca desta licença, geralmente paga ao franqueador uma taxa inicial de instalação, uma de licenciamento ou royalties - um valor proporcional aos seus lucros - e ainda uma última taxa destinada para campanhas de marketing de toda a rede de franquias.


Em resumo, um sistema de franchising é composto por dois pilares principais. Eles são:


Veja a relação entre Franqueador e Franqueado.

Agora que você já sabe como funciona um sistema de franchising, quem são os envolvidos nesse modelo de negócio, bem como as responsabilidades de cada um, você deve estar se perguntando: “Mas quais os benefícios de ser um franqueado?”.


Calma lá, a gente te conta!



Quais os benefícios em ser uma clínica de estética franqueada?


Ao se tornar uma clínica de estética franqueada, existem muitos benefícios para a gestão e crescimento do seu negócio, pois você passa a contar com todo o suporte da marca franqueadora, que vai te oferecer:


  • Credibilidade de Marca e Mercado


Ao se tornar um franqueado, você tem toda a credibilidade de uma marca já validada e com conhecimento do mercado, o que traz muito mais segurança, principalmente no caso de um empreendedor iniciante.


Como uma clínica de estética franqueada, você passa a oferecer serviços em um modelo com sucesso validado, pois a empresa franqueadora já fez a pesquisa de mercado e realizou os testes que diminuem o risco de rejeição, o que é uma vantagem competitiva relevante.


Outro fator importante, é que a franqueadora conta com uma rede estruturada de fornecedores, possibilitando que você consiga ter condições especiais em seus pedidos, como, por exemplo, prazos mais longos para pagamento, descontos por quantidade, entre outros.


  • Suporte do Franqueador


Um benefício importante é ter o suporte necessário no início do negócio. Ao investir em uma franquia, você conta com a força de uma grande marca e com o apoio da franqueadora no processo de implementação e operação do modelo de franquia na sua clínica de estética.


Materiais como manual de franquia, auxílio na escolha do ponto comercial, treinamento para você e seus colaboradores, são alguns dos benefícios de ingressar em uma rede de franquia.


Afinal, como o grande objetivo do franqueador é zelar pela sua marca, você tem a garantia de que não ficará desamparado em nenhuma das etapas de operação da franquia em sua clínica.


  • Auxílio no Planejamento


Um dos principais motivos de uma clínica de estética fracassar logo no início da operação é simples: pura falta de planejamento.


Porém, ao investir em uma franquia, você diminui as chances de ter problemas nesse sentido, já que a empresa franqueadora ajuda, entre outros pontos, a planejar custos para a construção ou instalação da unidade franqueada, além de prever os valores necessários para a franquia operar, como investimento inicial, capital de giro, entre outros.


A franqueadora fornece ainda informações claras e detalhadas sobre o tempo médio de retorno do investimento, assim antes mesmo de decidir investir no negócio, você já pode planejar o quanto deverá economizar até sua franquia começar a dar lucro.


Esses são alguns dos benefícios que você tem ao optar por abrir uma franquia ou converter a sua clínica de estética para este modelo de negócio.


Se por tudo isso, você decidiu ser um franqueado, vamos agora analisar o que é necessário para que você faça a escolha do sistema de franchising ideal para sua clínica de estética.





Como escolher a franquia ideal para a sua clínica de estética?


Quando você decide implementar um modelo de franquia dentro da sua clínica de estética, é essencial que você faça uma análise detalhada para decidir qual está mais alinhada aos seus objetivos.


Entre os fatores mais importantes que você deve considerar, estão:


  • As franquias disponíveis no mercado


Essa é a primeira etapa ao escolher uma franquia e os critérios avaliados irão reduzir as opções, assim sobram apenas as que devem ser analisadas com mais profundidade.


Afinal, algumas podem estar acima da sua capacidade de investimento, outras exigem habilitações exclusivas diferentes da sua realidade, ou ainda, podem não estarem disponíveis na sua região de atuação.


Feita essa seleção inicial, começa o processo de escolha das que mais se encaixam no seu perfil, e mais de uma franquia pode ser investigada. Estabeleça parâmetros de comparação e determine o peso que cada aspecto terá em sua decisão, isso ajuda muito no processo.


Submeta cada franquia a uma análise baseada nos critérios que você adotou. Eles podem ser a afinidade da rede de franquias com seus objetivos, o reconhecimento da marca no mercado, investimento inicial necessário, tempo de retorno ou lucratividade, por exemplo.


  • Os investimentos necessários


Pressupondo que com a análise anterior, você tenha chegado a sua decisão final em relação à franquia na qual deseja investir. É hora de analisar os passos iniciais para se tornar um franqueado.


E avaliar e planejar os investimentos necessários, é uma das etapas mais delicadas e determina se você se encaixa ou não nos requisitos exigidos pela franqueadora.


Para avaliar isso, é importante que você avalie a sua capacidade de investimento considerando 2 fatores:


Antes de se tornar um franqueado, avalie se você tem os valores necessários para iniciar a operação.

Essa análise é importante porque o risco de você ter de gastar mais do que havia sido planejado é uma possibilidade em qualquer empreendimento.


  • Qual o tempo de retorno e lucratividade


Tendo a certeza de que você pode arcar com o investimento inicial e possui o capital de giro total previsto pela franqueadora que você escolheu, é hora de avaliar a lucratividade estimada e o tempo de retorno para isso. Pois, já que você possui uma determinada quantia que deve investir, é justo saber quais as opções de rentabilidade a franqueadora tem.


Nesse aspecto, quando se decide investir e comprar uma franquia, você deve estabelecer uma análise da lucratividade, rentabilidade e tempo de retorno previsto.


Isso é necessário porque franquias são investimentos baseados em contrato com prazos determinados e que podem ser renovados a critério do franqueador, como um investimento de longo prazo. Para isso, é essencial que você exija que o franqueador disponibilize índices para que você possa ter a previsibilidade financeira para decidir investir ou não.


Assim, pensando no lado financeiro, a melhor franquia será aquela que exige o menor percentual de recursos imediatos, que tenha o prazo mais curto de retorno sobre o investimento e com os maiores índices de lucratividade e rentabilidade.


  • Suporte oferecido pelo franqueador a seus franqueados


Uma franquia normalmente já possui um modelo de negócio testado e validado e assim apenas replica esse modelo aos franqueados, apresentando a sua viabilidade, os riscos e o mercado disponível para os serviços oferecidos.


Ou seja, no sistema de franquias, você paga pelo modelo de negócio, para reproduzir esse modelo de sucesso e pelo direito de usar uma marca reconhecida no mercado.


Por isso, avalie bem se a franquia na qual você decidiu investir atende a esse quesito, se possui um modelo de negócio testado e validado e qual o reconhecimento dela dentro do nicho de saúde estética.


Outro fator muito importante que você precisa levar em consideração, são as ferramentas de gestão que o franqueador oferece, a maioria das redes de franquias, costuma adotar um sistema de gestão para clínicas de estética padrão para todas as unidades.


Ter um sistema de gestão é muito importante, pois ele auxilia no controle de pacientes, organização e otimização de processos gerenciais, e principalmente, na gestão financeira da sua clínica de estética.


Afinal, como vimos, a falta de planejamento é o principal fator pelo qual o seu negócio pode fracassar e o software de gestão para clínicas de estética oferecido pelo franqueador faz toda a diferença se tiver as funcionalidades necessárias para que você faça uma boa gestão da sua unidade de franquia.


Se tornar um franqueado significa a busca por alcançar o mesmo sucesso que o franqueador teve e para isso, você precisa ter o bom suporte dele, com treinamentos, inovação tecnológica no negócio e suporte operacional, sempre.


E se precisar, busque a ajuda de especialistas


Como vimos até aqui, se tornar um franqueado envolve várias etapas e processos que muitas vezes podem parecer complexos até para o mais experiente gestor de clínicas de estética.


A compra de uma franquia, representa muitas das vezes, o investimento de anos de economia ou até mesmo o uso de empréstimos e não deve ser desperdiçada por um erro de avaliação que poderia ser evitado.


Por isso, se durante o processo da análise e escolha do sistema de franquia ideal para a sua clínica de estética, surgirem dúvidas, principalmente na análise dos dados financeiros, é sempre recomendável que você busque a orientação de profissionais que possam ajudá-lo neste período.


Você pode encontrar muitos conteúdos para ajudá-lo nesta etapa aqui no blog da Clinicorp ou ainda buscar a assessoria de um especialista do SEBRAE que possui um portal com conteúdos exclusivos para empreendedores que estejam pensando em se tornar um franqueado.



Você vai gostar de ler também:


10 dicas para você conquistar os primeiros clientes na clínica de estética

Como aumentar o faturamento com a venda de planos de tratamentos recorrentes

Marketing Digital para clínicas de estética: 7 estratégias para crescer na Internet

92 visualizações

Posts recentes

Ver tudo
  • Suporte 3
  • Comercial
  • whatsapp2