top of page

Despesas dedutíveis do livro caixa para dentista: saiba como economizar no Imposto de Renda

Atualizado: 24 de mai. de 2023

Descubra como as despesas dedutíveis do livro caixa para dentista podem otimizar a gestão financeira da sua clínica odontológica e reduzir a carga tributária no Imposto de Renda da sua clínica odontológica.


Despesas dedutíveis do livro caixa para dentista. Gestor de clínica usando calculadora e computador para conferir as despesas dedutíveis do livro caixa para dentista.
Economize nos impostos com as despesas dedutíveis do livro caixa para dentistas

Para alcançar o sucesso de uma clínica odontológica, é necessário que o gestor saiba gerenciar todas as áreas do seu negócio. Isso passa pelo atendimento aos pacientes, equipamentos tecnológicos , processos otimizados e uma excelente gestão contábil e financeira.


Quando se tratam de impostos e taxas, reduzir a carga tributária é um dos principais desejos de diversos gestores. Porém, muitos deles não sabem como fazer isso em conformidade com a lei. Você sabia que o dentista pessoa física pode deduzir algumas despesas da clínica odontológica para pagar menos imposto? Você conhece as despesas dedutíveis do livro caixa para dentista pessoa física? Por meio delas, é possível reduzir legalmente os impostos que a sua clínica odontológica precisa pagar no imposto de renda.


Se o seu desejo é aumentar a lucratividade e manter a saúde financeira da sua clínica odontológica, não deixe de conferir este conteúdo. Neste blog, você vai descobrir tudo sobre as despesas dedutíveis do livro caixa para dentista pessoa física, como economizar no imposto de renda e assim aumentar a rentabilidade do seu negócio.


Neste blog você verá:



O que é o livro caixa?


O livro caixa é o registro contábil mensal e em ordem cronológica de data que aponta todas as entradas e saídas de dinheiro em uma empresa ou organização. Ele serve como um livro com a compilação de todas as transações financeiras do negócio, permitindo o controle e acompanhamento dos fluxos de caixa.


Para o dentista pessoa física, o principal objetivo do livro caixa é pagar menos imposto, visto que, a legislação só permite deduzir as despesas se escrituradas no livro caixa.


No contexto de uma clínica odontológica, o livro caixa é utilizado para registrar toda e qualquer transação financeira da clínica, como pagamentos recebidos dos pacientes, despesas operacionais, compras de materiais e equipamentos, entre outros. Claro, que nem tudo que é lançado no livro caixa é dedutível, ou seja, são despesas da clínica, porém, não são permitidas por lei para serem deduzidas do imposto de renda.


Ao realizar um controle rigoroso e documentado de todas as movimentações financeiras, você consegue economizar com as despesas dedutíveis do livro caixa para dentista, por exemplo. Portanto, é essencial manter o livro caixa atualizado, pois assim é possível comprovar sua veracidade e legitimidade perante a Receita Federal.


Por que é importante que a clínica odontológica mantenha um livro caixa


Ter esses registros e sempre mantê-los atualizados é de suma importância para o seu negócio. Essas informações permitem um controle preciso das despesas que podem ser deduzidas no imposto de renda, como gastos com materiais odontológicos, aluguel do consultório e contas de serviços.


Ao utilizar corretamente as despesas dedutíveis do livro caixa para dentista, você consegue reduzir sua carga tributária e otimizar suas finanças, promovendo uma gestão financeira mais eficiente e rentável.


Despesas dedutíveis no livro caixa para dentistas


As despesas dedutíveis no livro caixa para dentista pessoa física são os gastos relacionados aos serviços prestados pela sua clínica odontológica e que podem ser legalmente abatidos no imposto de renda.


Fazendo isso, você consegue economizar com impostos e direcionar esses recursos para outras áreas da sua clínica. Nos tópicos a seguir você entenderá todas as despesas dedutíveis no livro caixa para dentista e como calcular essas informações para obter vantagens no seu negócio.


Quais despesas podem ser deduzidas no livro caixa para dentistas


Por falta de conhecimento, diversos profissionais deixam de economizar valores significativos com as despesas dedutíveis no livro caixa para dentista pessoa física. Confira abaixo uma lista de despesas dedutíveis no seu livro caixa:

  • Aluguel do consultório;

  • Condomínio;

  • Água, luz, telefone e internet;

  • Honorários contábeis;

  • Laboratório de Prótese

  • Manutenção de Equipamento

  • Material de limpeza e descartáveis;

  • IPTU;

  • ISS;

  • Vigilância Sanitária

  • Salário de funcionário, INSS e FGTS;

É importante destacar também o que não se encaixa nas despesas dedutíveis do livro caixa para dentista, que são:

  • Despesas pessoais;

  • Impostos pessoais;

  • Multas e penalidades;

  • Compras de equipamentos;

  • Seguro de vida, residencial ou automotivo;

  • Entre outros gastos não relacionados com a clínica.

Como calcular o valor do imposto a pagar?


Para o dentista pessoa física, a alíquota do imposto de renda não incide diretamente sobre a receita bruta, mas sim sobre a diferença da receita menos as despesas dedutíveis. Essa alíquota de imposto é extraída da tabela do imposto de renda, fornecida pela própria Receita Federal.


Em 30 de abril de 2023, através da Medida Provisória nº 1.171, essa tabela foi atualizada, passando a vigorar desde 01 de maio de 2023.


Vamos supor que a receita da clínica é R$ 15 mil e teve as seguintes despesas dedutíveis:

  • Aluguel de imóvel: R$ 2.000,00

  • Água, energia e telefone: R$ 500,00

  • Honorários contábeis: R$ 200,00

  • Serviços de manutenção e reparos: R$ 500,00

  • Material de limpeza e descartáveis: R$ 800,00

Nesse exemplo, a base de cálculo do imposto de renda é:


R$15.000,00 - R$4.000,00 = R$11.000,00

(receita) (deduções) (base de cálculo)


Essa base de cálculo se encontra na última faixa da tabela de imposto de renda, ou seja, alíquota 27,5% e parcela a deduzir R$ 884,96. Consequente, o cálculo do imposto a pagar é:


R$11.000,00 x 27,5% - R$884,96 = R$2.140,04


Se, a dedução fosse ignorada, a alíquota de imposto de renda iria incidir diretamente sobre a receita, o que é desperdício de dinheiro


R$15.000,00 x 27,5% - R$884,96 = R$3.240,04

De acordo com os cálculos, é possível perceber que, nesse exemplo, ao deduzir as despesas, houve uma economia de imposto de R$1.100,00.


Dessa maneira, dentista pessoa física que não deduz as despesas da clínica está pagando MAIS IMPOSTO!



Para saber mais sobre como realizar uma declaração de Imposto de Renda de forma mais assertiva, leia o artigo: Imposto de renda para dentista: tudo que você precisa saber para uma declaração correta e assertiva


Conclusão


Por fim, você notou como compreender o que são as despesas dedutíveis do livro caixa para dentista e como usufruir delas é fundamental na hora de realizar a declaração do Imposto de Renda.


Ao conhecer as despesas dedutíveis, como aluguel,honorários contábeis, funcionários e outros gastos relacionados aos serviços prestados pela clínica, você conseguirá reduzir a carga tributária e aumentar a rentabilidade do seu negócio.


Utilizando um software odontológico, a prestação de conta pode ser feita de forma ainda mais eficiente e otimizada.


Lembrando que a dedução de despesas para o dentista pessoa física é permitida perante a lei, porém, é importante estar sempre atento às mudanças feitas pela Receita Federal.


Nesse sentido, ter o auxílio de uma contabilidade especializada para o nicho odontológico pode fazer toda a diferença para uma gestão contábil eficiente. A Clinicorp oferece um serviço de Contabilidade para Dentistas exclusivo para assinantes. Para saber mais, clique no link e visite a página oficial.

1.152 visualizações
bottom of page