top of page

Como montar um consultório odontológico: 10 passos chaves para iniciar sua jornada na odontologia

Buscando como montar um consultório odontológico? Confira um passo a passo completo que preparamos com o que você precisa para começar do zero e ter muito sucesso na odontologia.

como montar um consultório odontológico. Ilustração de  uma profissionaldentista com seu novo consultório odontológico ao fuindo.
Como montar um consultório odontológico em 10 passos chaves

Se você acabou de iniciar uma carreira na odontologia ou decidiu que é hora de empreender no seu próprio negócio e quer saber como montar um consultório odontológico, está com sorte.

Claro, há muito a considerar e decidir antes que você possa transformar seu sonho em realidade. Afinal, entender como montar um consultório odontológico pode ser um grande desafio, mas com algumas dicas esse processo pode ser muito mais simples do que parece.

Por isso, elaboramos um guia para ajudá-lo a planejar, iniciar e expandir o seu consultório odontológico.

Neste blog você verá:

Boa leitura!

Como montar um consultório odontológico em 10 passos

Como montar um consultório odontológico? Bom, saiba que o caminho é longo e repleto de desafios, mas nada que algum esforço, planejamento e recursos adequados não consigam dar conta, para que você construa um negócio de sucesso.

Você precisará se preocupar com questões como: o local do seu consultório, os equipamentos necessários, montar um plano de negócio, definir estratégias de marketing, entre outras.

É importante que você defina tudo isso antes mesmo de começar a pensar em como montar um consultório odontológico próprio, o que pode parecer um tanto quanto assustador.

No entanto, trabalhando estrategicamente e seguindo esta lista de tarefas que compilamos abaixo, as suas chances de sucesso aumentam significativamente.

1 - Monte um plano de negócios detalhado


Ao começar a planejar como montar um consultório odontológico para chamar de seu, você precisará fazer um bom plano de negócios. Isso porque, todo profissional tem a ambição de abrir um consultório de sucesso, mas esquece que sem um bom plano isso é impossível.

É justamente aí que entra um plano de negócios. Ele descreve todos os detalhes da sua operação, definindo objetivos e metas, seu público alvo e abordando estratégias de gestão.

Em resumo, um bom plano de negócios deve conter:

  • Plano de Marketing

O plano de marketing detalha as ações necessárias para atingir os seus objetivos de marketing, como captação de pacientes e estratégias de relacionamento.

Normalmente, são projetados para atender um período de um há cinco anos, podendo ser atualizado sempre que necessário, e deve ter estratégias sólidas, guiando com clareza as ações de publicidade do seu consultório odontológico.

  • Plano de Operação

Um plano de operações é o “manual do como fazer” e deve descrever com detalhes todas as tarefas necessárias para que seu consultório funcione de forma eficiente e organizada, da recepção do paciente à realização de um procedimento e todas as outras tarefas.

  • Plano Financeiro

Ao criar um plano de negócios, você começará a lidar com os primeiros números financeiros do seu consultório odontológico, tais como custos de aquisições e operacionais, previsões financeiras, entre outros.

Logo, um plano financeiro traz uma visão detalhada de como você deverá lidar com a gestão do seu negócio, a fim de obter um faturamento capaz de cobrir despesas e gerar lucros.

Descubra como aplicar um controle de fluxo de caixa ideal pra sua clínica. Leia o artigo: Controle do fluxo de caixa: como aplicar de maneira eficiente em clínicas odontológicas

2 - Realize uma análise de mercado


A análise do mercado é uma avaliação que determina quão atrativo é um mercado e as oportunidades disponíveis nele. É também por meio da análise de mercado que você pode detectar os riscos atuais e futuros.

Uma maneira bem simples de entender a análise de mercado é lembrar que se trata de determinar as características que constituem o seu mercado, como:

  • Tamanho;

  • Potencial de precificação;

  • Custo de aquisição de clientes;

  • Custo da entrega do valor;

  • Exclusividade da oferta;

  • Velocidade de entrada no mercado;

  • Investimento inicial necessário;

  • Potencial de lucro;

A partir dessa avaliação ficará mais fácil definir onde estão as melhores oportunidades e quais ameaças poderão dificultar as atividades do seu consultório odontológico.

3 - Estabeleça quais serviços serão oferecidos


Com a análise de mercado você consegue identificar aspectos importantes de como montar um consultório odontológico para chamar de seu e definir os serviços oferecidos nele.

Nesse sentido, você deve considerar o que você mais gosta de fazer como dentista, quem são os seus clientes, quais tratamentos eles costumam procurar e se os que você pretende oferecer tem demanda necessária na sua região.

Claro, que ao começar você pode tentar ser o dentista “pau para toda obra”. Afinal, você quer pagar as contas. No entanto, para ter crescimento precisará focar as suas energias em ser o melhor naquilo que atenda as necessidades do seu público-alvo.

4 - Pense antecipadamente no local


Se você está pesquisando sobre como montar um consultório odontológico, provavelmente já tenha lido sobre a importância da escolha do local ideal. E eu vou reforçar: dedique algum tempo para encontrar o melhor local.

A localização tem total importância para que você alcance o seu público-alvo. Por isso, ao pesquisar por locais e na hora de decidir, faça perguntas como:

  • O local fica em uma área com alto tráfego de pessoas?

  • Existe transporte público próximo? Acessibilidade é fundamental para que seus clientes cheguem até você

  • Há estacionamento disponível para seus pacientes? Se não houver estacionamento, isso dificulta o acesso dos clientes.

Esses são fatores determinantes para que seus clientes consigam encontrar seu consultório odontológico e se sintam confortáveis em ir até ela. Além disso, verifique se o local está com toda documentação em dia e atende às determinações da vigilância sanitária.

Obviamente, o preço terá um papel importante no espaço que você escolher, por isso, verifique se ele se encaixa no orçamento definido no seu plano financeiro.

Após definir o local onde ficará o seu consultório, avalie se serão necessários investimentos na estrutura. Crie um ambiente agradável, seja com uma paleta de cores que passe serenidade, uma boa decoração ou até mesmo colocando plantas no ambiente.

Afinal, uma estrutura ruim pode contribuir para a sensação de ansiedade do paciente, gerando uma experiência negativa do atendimento.

5 - Liste todos os equipamentos necessários


Ao pensar em como montar um consultório odontológico próprio, liste todos os móveis, equipamentos, softwares e suprimentos que você precisa para o funcionamento do seu consultório.

Certifique-se de fazer muitas pesquisas sobre as tecnologias e equipamentos odontológicos disponíveis, verificando sempre os melhores preços, qualidade, formas de pagamento e o suporte de pós-venda que é oferecido.

Essa, inclusive, pode ser uma das tarefas mais demoradas. O ideal é começar pelos equipamentos essenciais, como os móveis, cadeiras e mesas auxiliares e por fim definir os equipamentos que demandam um investimento maior na compra.

6 - Procure entender as exigências legais


Essa é uma das etapas mais complexas para o profissional que está buscando como montar um consultório odontológico, às exigências legais.

Você deve realizar os registros necessários junto aos diversos órgãos existentes. Para isso é necessário realizar alguns procedimentos como:

  • Registro na Junta Comercial (Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica –CNPJ);

  • Registro na Secretaria Estadual da Fazenda;

  • Registro no Conselho Regional de Odontologia (CRO);

  • Registro na Prefeitura Municipal;

  • Registro na Vigilância Sanitária para a emissão da Licença Sanitária (mesmo integrada, deverá ser contatada dado o risco da atividade econômica);

  • Entre outros.

Esses são apenas alguns dos registros necessários para que você possa abrir um consultório odontológico e em caso de dúvidas, o indicado é contratar um profissional de contabilidade para lhe auxiliar nesse processo.

Além disso, você deve buscar entender as exigências relacionadas à legislação sanitária e médica na hora de oferecer e executar os procedimentos odontológicos.

Os consultórios odontológicos são considerados locais de risco, por isso, todas as normas e princípios de biossegurança devem ser seguidos criteriosamente na hora de atender os pacientes.

Outro ponto crítico diz respeito ao descarte dos resíduos que deve obedecer todas as normas de um Plano de Gerenciamento de Resíduos de acordo com o estabelecido na pela Anvisa onde eles podem ser classificados em biológicos, químicos, perfurocortantes ou escarificantes e comuns.

7 - Entenda quem será o seu público-alvo


De nada adianta você saber como montar um consultório odontológico se não souber quem é o público-alvo que você deseja atrair até ele, correto?

Por isso, uma das principais etapas na hora de abrir o seu consultório odontológico é entender qual será esse público.

Em resumo, você deve filtrar uma parcela dos consumidores que possam sentir a necessidade ou desejo de consumir os seus serviços. Para identificar isso, algumas perguntas devem ser respondidas:

  • Quais desejos e necessidades deles você atende?

  • Em quais canais o seu público está mais presente?

  • Que tipo de conteúdos eles mais consomem?

  • Qual o poder de compra deles?

  • Quais tratamentos você oferece que eles têm mais interesse?

A ideia é criar uma segmentação de público na qual você irá focar suas estratégias de comunicação.

E o importante é que quanto mais informações você descobrir sobre seu público-alvo, mais chances de você entender os seus desejos e criar um relacionamento próximo com eles, aumentando suas taxas de captação.

8 - Recrute bons profissionais


Até aqui, sua jornada de como montar um consultório odontológico estabeleceu seu público-alvo, detalhes da operação como localização, estrutura e equipamentos. Agora chegamos a outra etapa essencial, contratar e formar uma equipe sólida.

Afinal, se você optar em contar com uma secretária, assistente e até mesmo um gestor para o seu consultório odontológico, garante recrutar bons profissionais para a sua equipe.

Comece determinando quantas pessoas serão necessárias, suas funções, habilidades e formação obrigatória e demais detalhes que você considere importante avaliar.

Ao entrevistar um candidato procure por valores que se encaixem aos da sua clínica e valorize pessoas que desejam aprender e crescer com você. Você precisa de uma equipe qualificada, que te ajude a oferecer um serviço de excelência aos seus clientes.

9 - Estabeleça uma estratégia de fornecimento e estoque


Para oferecer o melhor serviço no seu consultório odontológico e manter tudo funcionando corretamente, você precisa ter todos os recursos necessários sempre disponíveis. Por isso, é importante que você defina uma boa estratégia de fornecimento e controle de estoque.

O ideal é que você tenha os dados de estoque registrados e faça um controle rigoroso dos recursos, de modo que você faça a reposição antes que eles acabem. Um software odontológico de gestão pode ser extremamente útil nesse processo.Além do controle de estoque, escolher os melhores fornecedores é essencial, tanto em preço para otimizar seus lucros, quanto em qualidade para oferecer o melhor serviço a seus pacientes.

Por isso, não poupe tempo ao pesquisar os fornecedores do seu consultório e negocie os melhores preços na hora de realizar uma compra, assim é possível obter melhores margens de lucro na venda dos seus serviços.

O Controle de estoque da Clinicorp consegue auxiliar profissioais de odonotlogia a realizar um controle mais automatizado e eficiente dos seus insumos. Para saber como essa ferramenta funciona, assista ao vídeo abaixo.

10 - Pense como será sua divulgação e marketing


Uma coisa eu garanto, de nada adianta você ser um dos melhores dentistas, comprar os melhores equipamentos ou ter uma excelente estrutura, se ninguém souber da existência do seu consultório, você nunca terá a chance de mostrar isso às pessoas.

Por isso, antes de abrir as portas do seu consultório odontológico, tenha um bom plano de marketing em mente. Descubra quem são seus clientes e como você os atrairá para o seu consultório.

Fazer o marketing do seu consultório odontológico pode parecer uma atividade complexa à primeira vista. Mas ao contrário disso, seguindo alguns princípios básicos, você pode definir campanhas de divulgação de sucesso, por isso:

  • Conheça e estude seu público;

  • Invista em marketing online e offline;

  • Se diferencie da sua concorrência;

  • Aproveite os benefícios do marketing boca-a-boca;

  • Construa uma presença na internet;

  • Invista no relacionamento com os pacientes;

  • Ofereça sempre um bom atendimento;

  • Faça parcerias como outros estabelecimentos;

  • Invista em networking com outros profissionais;

  • Divulgue os resultados de sucesso dos seus serviços;

  • Oferte o serviço correto para um público bem definido.

Essas são apenas algumas dicas práticas que irão otimizar os resultados das suas estratégias de marketing como um todo e ajudarão a definir como e onde focar os seus esforços.

Além disso, lembre-se, o conforto e satisfação dos pacientes deve estar no topo de sua lista de prioridades, afinal, um cliente satisfeito pode atrair muitos outros pacientes.

Certifique-se de cultivar um bom relacionamento com seus pacientes. Se um deles estiver um pouco assustado, faça o possível para deixá-lo mais confortável. Quando tiverem um feedback, seja ele bom ou ruim, ouça e leve-o em consideração e busque melhorar o que não estiver legal.

Conclusão

Se você decidiu empreender e quer saber como montar um consultório odontológico, saiba que precisará de muito planejamento, organização e um bom plano de negócios.

Considere as suas possibilidades de investimento, nunca dê o passo mais longo que a perna, faça pesquisa de mercado, conheça seu público-alvo e não poupe energia para oferecer um atendimento de excelência.

Contar com uma boa equipe, se possível, aliado à qualidade dos fornecedores, estratégias de marketing, bom atendimento e oferta de valor, pode ser determinante para o sucesso que você terá.

Por fim, seguindo nossas dicas de como montar um consultório odontológico, você terá muito sucesso no seu negócio, além de contar sempre com as soluções da Clinicorp para potencializar o seu crescimento.


Para entender melhor como funciona o software líder de mercado no Brasil hoje, assista ao video abaixo ou clique no link para falar com um especialista.


1.337 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Kommentare


bottom of page