Planejamento Ortodôntico: saiba o que é qual a sua importância na odontologia

Atualizado: 22 de mar.

O planejamento ortodôntico é o elemento central que garante o sucesso dos tratamentos realizados por um ortodontista. Nele, o profissional deve apontar quais são os objetivos da intervenção ortodôntica e o seu plano de tratamento.


ortodontista mostra como é organizado o sistema de aparelho nos dentes
O planejamento ortodôntico é a etapa mais importante do tratamento ortodôntico.

O planejamento ortodôntico é uma das etapas mais importantes do tratamento com alinhadores ortodônticos, sejam eles tradicionais, com seus arcos metálicos, ou os modernos alinhadores estéticos invisíveis.


Normalmente, ele é dividido em duas seções principais: uma apontando os objetivos que se deseja alcançar com a intervenção ortodôntica e na outra o plano de tratamento, onde o profissional detalha o que será feito para se atingir esses objetivos.


Neste artigo, reunimos as principais informações que você ortodontista deve conhecer para construir um planejamento ortodôntico completo e eficiente, a fim de garantir o sucesso dos seus tratamentos. Acompanhe!


Leia também: Odontograma: entenda a importância dessa ferramenta na odontologia


O que é planejamento ortodôntico?


O planejamento ortodôntico é um modelo de todo o tratamento ao qual o paciente será submetido para alcançar o sorriso ideal. Ele é composto por um documento detalhado que contém informações como opções de tratamento recomendadas para o caso, tempo de duração, recomendações para o pós-tratamento e o plano de pagamento.


Essas informações são documentadas pelo ortodontista, que as usa para guiar a execução do tratamento, e apresentadas ao paciente para que ele decida se deseja prosseguir ou não, com o tratamento ortodôntico.



Para que serve o planejamento ortodôntico?


Os casos de apinhamento, overbite e mordida profunda (sobremordida) são os principais tipos de desalinhamento dental tratados pelos ortodontistas. E entre as opções de tratamento disponíveis, os aparelhos ortodônticos são mais frequentemente escolhidos para tratar esses casos, devido ao fato de estimularem os dentes a se moverem para uma posição saudável.


Nesse sentido, o planejamento ortodôntico compreende a elaboração de um plano de tratamento com todas as etapas a serem executadas para corrigir o desalinhamento dental do paciente.


Para isso, o ortodontista deve realizar a avaliação de saúde bucal, documentação e diagnóstico, e posteriormente, com essas informações definir as melhores opções de tratamento para o caso do paciente.



Planejamento ortodôntico: entenda a importância


Ao iniciar um tratamento ortodôntico, o ortodontista deve saber que a parte mais importante de todo o processo é o planejamento ortodôntico. É nele onde ficam as informações sobre o diagnóstico do paciente, procedimentos a serem realizados, os objetivos do tratamento e previsão de conclusão.


Para o paciente


Dependendo do grau de desalinhamento dos dentes, alguns pacientes podem ter mais opções de tratamento, enquanto outros podem ter apenas uma ou duas. Tudo depende da situação de saúde bucal e de quanto o paciente está disposto a investir para ter um sorriso bonito.


A decisão sobre o tratamento certo é conjunta e deve ser acordada entre o paciente e seu ortodontista. Nesse momento, o planejamento ortodôntico é o que ajuda o paciente a compreender o próprio caso e as opções de tratamento disponíveis.


Para os profissionais