top of page

O que é conciliação bancária e como realizar de maneira eficiente

Atualizado: 19 de mai. de 2023

Você já ouviu falar sobre conciliação bancária? Se ainda não, eu vou te explicar de uma maneira bem simples: é o processo de comparação dos valores lançados no extrato bancário da empresa com os registros feitos no controle financeiro interno do negócio.


Pessoa realizando cálculos financeiros
Entenda o que é a conciliação bancária e como executar.

O conceito geral de conciliação bancária é garantir que os valores de entradas e saídas registrados internamente, são compatíveis com as movimentações lançadas no extrato da conta bancária do negócio.

Existem muitos motivos que fazem esse método ser indispensável para uma boa gestão financeira, mas entre os mais importantes estão: evitar fraudes, manter um saldo bancário confiável e garantir a saúde financeira do negócio.

Em suma, a conciliação bancária é um procedimento vital para manter os indicadores de sucesso e planejamento financeiro sempre dentro do esperado. Se você quer entender o que é conciliação bancária, para que serve e como descobrir possíveis erros ou fraudes, fica comigo até o fim deste artigo.

Ele foi preparado para ajudar você a melhorar, ou reforçar, o planejamento financeiro do seu negócio.

Neste artigo, estamos falando sobre:

O que é conciliação bancária?

Como já expliquei anteriormente, a conciliação bancária consiste em fazer a comparação do controle financeiro interno de entradas e saídas com as movimentações lançadas no extrato bancário do seu negócio, em um mesmo período de tempo.

Manter-se em dia com essa estratégia é essencial para uma maior previsibilidade financeira no crescimento do seu negócio, sem contar que é de suma importância para o sucesso do planejamento financeiro.

Nesse sentido, é sempre bom, quando o assunto é saúde financeira, ter certeza de quanto saldo dispõe o seu negócio. Além disso, você conta com o fator de facilitar a identificação de fraudes, lançamentos errados e valores não compensados.

Para que serve a conciliação bancária?

Manter o financeiro equilibrado e sem erros é um desafio e tanto para muitos empreendedores. Nesse quesito, a conciliação bancária é uma aliada poderosa, pois possibilita um excelente controle dos valores movimentados dentro do seu negócio.

Esse controle pode ser feito de diversas formas, desde as tradicionais planilhas ou até mesmo com completos softwares de gestão financeira. Entretanto, o objetivo é sempre o mesmo: obter uma confirmação de que todas as operações financeiras realizadas no dia a dia estão sendo registradas de maneira correta.

Mas muito além do objetivo que citei acima, a conciliação bancária serve para:

Descobrir possíveis erros e fraudes

Como citei anteriormente, a conciliação bancária consiste em um processo de comparação entre os valores de entrada e saída registrados internamente e os dados lançados no extrato bancário do seu negócio.

Fazendo essa comparação, mesmo que registrando os dados em uma simples planilha, é possível identificar possíveis fraudes internas ou até mesmo erros de lançamento e assim, corrigi-los rapidamente.

Além disso, você consegue encontrar incoerências e anomalias que prejudicam a saúde financeira do seu negócio, como depósitos em dinheiro feitos com valores abaixo do informado ou até mesmo pagamentos que não foram depositados ou compensados.

Maior controle das movimentações financeiras

A conciliação bancária automática ou mesmo manual, ajuda os empreendedores a terem um controle mais efetivo da saúde financeira do negócio, pois é possível ter uma visão mais profunda e clara dos valores movimentados diariamente.

De maneira prática, o trabalho de conciliação bancária ajuda a identificar de maneira mais simples e ágil se o seu negócio tem operado com saldo positivo ou não.

Fluxo de caixa mais saudável

Outra vantagem é que a conciliação bancária garante também um saldo bancário mais confiável, onde é possível ter maior certeza dos valores que a sua empresa tem disponível em caixa, auxiliando nas tomadas de decisões de ordem financeira.

O melhor benefício é que você pode trabalhar com confiança em dados concretos e não apenas com achismo, permitindo investimentos em expansão e modernização, ampliação de espaços ou compra de equipamentos, por exemplo.

Qual a diferença entre conciliação bancária e fluxo de caixa?

Façamos um comparativo bem simples: fluxo de caixa é o controle das entradas e saídas, já a conciliação bancária é a comparação dos valores lançados no extrato bancário da sua empresa com os lançamentos internos do fluxo de caixa.

Mesmo que algumas vezes ambos pareçam o mesmo procedimento, é preciso entender que para realizar a conciliação bancária se faz necessário que o fluxo de caixa esteja sempre atualizado para que a confirmação dos valores seja realizada de maneira correta e bem fundamentada.

Em resumo, o fluxo de caixa é um instrumento de suporte à realização da conciliação bancária.

Como fazer uma conciliação bancária

Para falar a verdade é um processo bem simples, apresentado em um passo a passo completo, logo aqui abaixo:

Estabeleça uma rotina de controle de entrada e saída

O primeiro passo para realizar a conciliação bancária é garantir que você tenha dados confiáveis para verificar se os valores lançados no seu extrato bancário estão corretos.

Para registar esses números de maneira certa, eu preparei um checklist com tudo o que você deve atentar-se na hora de realizar esse procedimento:

Faça o lançamento diário das movimentações:


Um controle cuidadoso e diário de todas as movimentações financeiras de entradas e saídas, registrando todas as contas bancárias e valores envolvidos é o primeiro ponto.

Todas as movimentações como pagamentos de fornecedores, recebimentos de clientes e comissões de profissionais devem ser registrados no fluxo de caixa, especificando todos os detalhes de todas as movimentações.

Realize uma verificação diária do extrato bancário:

Cheque diariamente todos os seus saldos, tanto no início quanto no final do dia, assim como os valores registrados no seu controle interno e confira se os valores correspondem. Isso pode evitar problemas maiores no futuro, além de trazer maior previsibilidade financeira para a gestão da sua clínica.

Faça uma checagem cuidadosa de todos os lançamentos:


É sempre bom ter uma rotina de checagem de todos os lançamentos feitos, conferindo se todos os dados estão corretos e ajustando aquilo que for necessário.

Registre as alterações

Executar de forma eficiente todos os passos do checklist apresentado acima, faz com que esse processo fique muito mais simples.

Observe bem as divergências ou ausência de valores, procurando saber como e quando ocorreu. Em seguida, corrija o que for necessário para que todos os lançamentos estejam sem nenhuma disparidade.

Além disso, guarde todos os comprovantes de pagamentos, notas fiscais emitidas e recebidas, boletos e extratos bancários. Eles não só te auxiliarão com a correção de divergências, mas também facilitarão o fechamento contábil de cada mês.

Use ferramentas de automação

Com todas as dicas acima, o processo de conciliação bancária fica bem fácil de ser executado, mas realizar toda a conferência de forma manual, pode demorar mais do que o necessário. Com o fenômeno crescente de digitalização chegando para automatizar diversos processos, os sistemas de gestão atuais surgem como a ferramenta ideal não só para facilitar esse processo, mas também otimizar completamente a gestão financeira da sua clínica ou consultório.

Dentre os diversos softwares de gestão disponíveis no mercado, vale a pena destacar aqueles que contam com ferramentas automatizadas no controle de recebíveis, contas a pagar e receber, fluxo de caixa e conciliação bancária.

Além disso, busque por uma solução que permita integrar sua conta bancária diretamente no cadastro do sistema. Isso vai facilitar e muito na hora de conferir se os lançamentos internos estão fidedignos aos valores presentes no extrato bancário.

Conheça as soluções de conciliação bancária da Clinicorp

Pensando em descomplicar a gestão de clínicas de saúde, beleza e bem-estar, assim como potencializar resultados e otimizar processos, o sistema de gestão Clinicorp traz diversas funcionalidades de gestão financeira automatizada.

Em nossa plataforma, você encontra ferramentas que facilitam o controle financeiro completo, com fluxo de caixa integrado, controle de recebíveis, gestão de pagamentos, emissão e gestão de notas fiscais e conciliação bancária automática.

O sistema de gestão Clinicorp também conta com todas as ferramentas essenciais no registro e armazenamento dos dados de movimentações diárias de entradas e saídas, oferecendo previsibilidade financeira, além de facilitar todo o processo de gestão financeira do seu negócio.

Solicite o contato de um de nossos consultores e conheça mais detalhes sobre o sistema de gestão Clinicorp e nossa poderosa plataforma financeira.

Conclusão

Com uma boa estratégia de conciliação bancária você não só evita maiores problemas financeiros, como também desenvolve uma rotina de trabalho mais organizada, algo que vai transformar sua gestão e facilitar o crescimento da sua clínica.

Entretanto, assim como a conciliação bancária, existem outras metodologias que vão te ajudar a melhorar não só a gestão financeira do seu negócio, mas também permitirão economizar recursos no recolhimento de impostos.

Eu estou falando da elisão fiscal, um modelo de planejamento tributário que vai te ajudar a ficar em dia com o fisco e economizar muito dinheiro, não deixe de ler este artigo também.



231 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page