Prótese Dentária: tudo o que você precisa saber sobre esse tratamento

Uma prótese dentária é um dispositivo que pode substituir um ou mais dentes perdidos, ou ainda cobrir dentes com imperfeições. Esses dispositivos podem ser implantes, coroas, pontes, dentaduras ou facetas, dos tipos fixas ou removíveis.


Há uma série de fatores que podem contribuir para a perda dos dentes. Enquanto alguns pacientes apresentam lesões, doenças e desgastes, outros simplesmente não desenvolvem certos dentes, durante o crescimento.


A falta desses dentes cria problemas estéticos e funcionais. Isso, por sua vez, pode resultar em alterações faciais indesejáveis, efeitos prejudiciais na capacidade de mastigação e, consequentemente, na confiança e autoestima do paciente.


Nesse sentido, a prótese dentária é uma especialidade odontológica que envolve o diagnóstico, planejamento do tratamento, reabilitação e manutenção da função oral, saúde e estética de pacientes com dentes perdidos ou danificados e tecidos bucomaxilofaciais comprometidos, utilizando substitutos bioquímicos.


O responsável pelo desenvolvimento desses dispositivos é o protesista, um especialista que se dedica à substituição e manutenção dos dentes e à restauração da melhor aparência possível do sorriso de um paciente.


Para apresentar todas as particularidades do tratamento com prótese dentária e da atuação do protesista no consultório odontológico, preparamos este artigo.


Acompanhe neste artigo:



Leia também: Tratamento Ortodôntico: conheça os principais métodos e benefícios


O que são as próteses dentárias?


Uma prótese dentária é um dispositivo desenvolvido para substituir ou reparar dentes perdidos e/ou danificados. Isso porque, quando esse tipo de problema existe, ele pode afetar a saúde óssea da mandíbula e colocar outros dentes do paciente em risco.


protesista segurando uma prótese dentária em seu consultório
Prótese Dentária: tudo o que você precisa saber sobre esse tratamento.

No entanto, uma prótese dentária pode fazer muito mais do que apenas melhorar o aspecto estético do sorriso. Afinal, a falta de um dente pode afetar não só a capacidade de mastigar do paciente, mas aumentar o risco de doenças gengivais.


Para solucionar esses problemas, existem vários tipos de próteses dentárias, algumas delas são fixas, como as coroas e implantes, já outras são removíveis, incluindo próteses totais ou parciais, que podem ser retiradas conforme as necessidades do paciente.


Cada prótese apresenta suas particularidades de desenvolvimento e aplicação, vamos conhecê-las a seguir!


Prótese dentária: conheça os tipos


Como citei anteriormente, um paciente pode perder um ou mais dentes, devido a uma série de fatores. Enquanto alguns pacientes apresentam lesões, doenças e desgastes, outros podem até mesmo não desenvolver alguns den