top of page

9 áreas da odontologia mais promissoras na atualidade

Conheça as áreas da odontologia mais promissoras na atualidade e descubra as oportunidades de crescimento profissional. Saiba mais sobre odontopediatria, clínico geral, ortodontia e outras especialidades em ascensão.

dentista feminina atendendo paciente
Conheça as áreas da odontologia mais promissoras na atualidade.

As diversas áreas da odontologia estão vivenciando uma revolução tecnológica sem precedentes. Os processos tornaram-se mais rápidos, os tratamentos mais precisos e eficientes, proporcionando maior segurança aos pacientes. Profissionais de todas as áreas da odontologia no Brasil têm, neste momento, uma grande oportunidade de crescimento dinâmico. Mas para isso precisamos estar preparados e informados, verdadeiramente capacitados para ser parte desse futuro promissor!


Um dos primeiros passos para isso é abraçar a realidade da odontologia digital!


Devemos entender que recursos e ferramentas que costumávamos utilizar a 10 ou 20 anos atrás, estão sendo substituídos por tecnologias que evoluem cada vez mais rápido.


Até mesmo os requisitos para o sucesso profissional nas áreas da odontologia mudou. Antes precisávamos ser um especialista no trabalho manual, hoje precisamos ter uma mentalidade digital refinada e aberta a renovação constante.


Neste blog você verá:



Quais são as principais áreas da Odontologia?


Escolher uma área específica de atuação é uma decisão importante, tanto para o estudante de odontologia que acabou de se formar, quanto para o profissional que está buscando se reinventar no mercado.


Um dos fatores mais importantes a considerar é a simpatia que você tem com a especialidade que vai escolher. Amar o que faz transforma seu trabalho diário no seu lazer remunerado.


Porém, ao tomar essa decisão é muito importante considerar também as principais áreas da odontologia atual, assim como as mais promissoras e lucrativas. Isso porque o sonho do profissional da odontologia não é somente inaugurar sua própria clínica odontológica, mas também alcançar o sucesso com ela.


Segundo o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA), a odontologia aparece como a segunda carreira mais rentável do Brasil, ficando atrás somente da medicina. A odontologia em si já se mostra um ramo confiável e promissor, porém identificar as principais áreas mais promissoras pode oferecer uma perspectiva futura fundamental para o seu sucesso profissional.


Vamos começar entendendo quais as principais áreas da odontologia atualmente:


Odontopediatria


O cuidado bucal desde cedo é extremamente importante para um desenvolvimento saudável. E essa especialização fornece formação técnica e científica para diagnosticar, prevenir, tratar e monitorar os problemas de saúde bucal do bebê, criança e adolescente.


O odontopediatra está presente desde o pré-natal odontológico das gestantes, passando por tratamentos de restauração e curativos depois do nascimento, além da orientação de como escovar os dentes do bebê nos primeiros meses de vida.


Os cuidados desse profissional com a dentição de leite da criança, terá grande influência no desenvolvimento da fala e da mastigação dela.


O profissional que decide trabalhar com odontopediatria deve ser calmo e gostar muito de crianças. Pois em geral, o odontopediatra orienta as crianças e os pais para os cuidados diários com a higiene bucal e forma pacientes que vão sem medo ao dentista na vida adulta.


Clínico Geral


Responsável por cuidar da saúde bucal de forma mais ampla, abrangendo desde profilaxia, limpeza de cáries, tártaros e restauração à dentadura, o clínico geral é uma das áreas da odontologia mais conhecidas.

Normalmente é o primeiro dentista a fazer contato com o paciente e, dependendo de como avança o tratamento, ele encaminha aquele paciente para um profissional específico.

Ortodontia


A ortodontia é a área responsável por verificar o desenvolvimento da arcada dentária, aliando a saúde bucal do paciente com uma aparência estética agradável.

É uma das áreas da odontologia que mais cresce no mercado. Isso porque o ortodontista tem a possibilidade de trabalhar com pacientes de diferentes idades, ampliando seu campo de atuação.

Engana-se quem pensa que o ortodontista trabalha apenas com o tradicional aparelho ortodôntico fixo metálico. Existem diversos outros tipos de tratamentos, como os alinhadores invisíveis, expansores e aparelhos estéticos, que o ortodontista poderá usar em seus tratamentos.

Sobre os alinhadores ortodônticos invisíveis, esse é um tipo de tratamento ortodôntico que vai além do fator estético pelo fato de serem invisíveis, quase imperceptíveis, sendo uma grande vantagem a facilidade de remoção para higienização.

Os alinhadores ortodônticos são produtos de altíssima qualidade, muitas vezes utilizados por atletas de esportes de contato físico. Esses certamente são fatores que credibilizam o profissional que os usa em seus tratamentos.

Caso queira saber um pouco mais sobre como funcionam os tratamentos com alinhadores ortodônticos, dá uma olhada nesse artigo: Tratamento com Alinhadores Ortodônticos Invisíveis: Como funciona?


Endodontia


A endodontia é a área da odontologia que trata as alterações na estrutura interna do dente, chamada polpa dentária, assim como nas raízes. Além disso, o endodontista avalia se existe algum tipo de comprometimento dos nervos e suas possíveis causas.


Um exemplo clássico é que o profissional de endodontia é responsável por realizar tratamentos de canal.


Vale ressaltar que essa especialização evoluiu muito nos últimos anos, por isso, ela tem contribuído significativamente para a melhora da jornada de tratamento odontológico do paciente. Um exemplo é a possibilidade de executar procedimentos cirúrgicos no tecido e nas cavidades pulpares, algo inviável anteriormente.


Implantodontia


A implantodontia é uma das áreas da odontologia com futuro mais promissor. O profissional implantodontista é responsável por realizar cirurgias, preparar o tecido ósseo e realizar implantes de próteses, tanto fixas como removíveis.

Essa especialidade impacta fortemente a vida do paciente, visto que seus procedimentos são extremamente invasivos. Por isso, o nível de exigência e qualidade são altos. Dessa forma, se você for um bom profissional naturalmente ganhará espaço no mercado.

Odontologia Estética


A odontologia estética é uma das áreas da odontologia que mais tem se expandido, combinando os cuidados da estética com a saúde bucal. Isso demandará do profissional estar sempre atualizado com as novidades que surgirem.


Entre suas responsabilidades estão tratamentos restauradores, protéticos e cirúrgicos, com objetivo de alcançar a reabilitação oral e o bem-estar do paciente.


Uma das razões para essa área ser uma forte tendência é a crescente preocupação da sociedade em relação aos cuidados com a beleza. O profissional dessa área terá como função realizar clareamentos, lentes de contato dentais, envernizamento, coroa, entre outros procedimentos.


Segundo pesquisa do CAGED, a odontologia estética cresceu cerca de 70% nos últimos anos, o que mostra um segmento em franca expansão.


Quer saber um pouco mais sobre essa área que possui um incrível potencial? Então leia nosso artigo sobre o tema: Odontologia Estética: o que é, procedimentos, salário e livros!


Radiologia Odontológica


O profissional especializado em radiologia odontológica aprende a analisar de forma bastante precisa as imagens da anatomia da face, tanto intra como extrabucais.

Uma das responsabilidades do dentista especializado em radiologia é elaborar e detalhar laudos que permitam a análise e diagnósticos precisos pelos demais profissionais da odontologia.

A área recorre à radiologia convencional e/ou digitalizada, tomografia convencional e ressonância magnética na busca de imagens mais precisas e detalhadas. Essas imagens, por sua vez, integram o diagnóstico e plano de tratamento de outras áreas da odontologia.

Odontologia Legal

Essa é uma das mais recentes áreas da odontologia, e embora não seja muito conhecida, está em plena expansão. Ela tem como objetivo elaborar exames e perícias judiciais, que resultam em laudos técnicos e atestados. Assim como analisar e avaliar a arcada dentária para identificar uma pessoa que tem seu reconhecimento comprometido ou impossibilitado.

O profissional dessa área é chamado odontolegista e ele pode exercer sua especialidade em universidades, convênios odontológicos e institutos de medicina legal. Além disso, ele pode prestar consultoria ou trabalhar como autônomo.


Odontogeriatria


No Brasil, assim como no resto do mundo, a taxa de envelhecimento tem crescido nos últimos anos e tanto as patologias como os tratamentos para os idosos, diferem dos aplicados para adultos e crianças. Por isso, dentre as áreas da odontologia, a odontogeriatria é uma das que mais tem demandado a necessidade de profissionais.


Ao longo da especialização o profissional aprende, entre outras coisas, diferentes maneiras de levar mais qualidade de vida para o público idoso, que demanda extremo cuidado durante os atendimentos.

Quais as tendências entre as áreas de atuação da odontologia?


Nesse ponto já conseguimos perceber como a odontologia em geral tem um futuro promissor à sua frente. Somando avanços tecnológicos com a demanda crescente, principalmente pelos serviços estéticos, é esperado um crescimento como nunca vimos antes.


Dentro de todo esse crescimento, ainda assim, conseguimos destacar algumas áreas que devemos estar atentos pelo potencial que possuem. Vamos conferir.


Harmonização Orofacial


A harmonização orofacial é um dos serviços estéticos mais procurados na atualidade. Dados levantados pelo G1, indicam que somente entre 2014 e 2020 o número de procedimentos realizados subiu de 72 mil para 256 mil ao ano.


A harmonização orofacial consiste em um conjunto de diferentes procedimentos estéticos que visam equilibrar e harmonizar o sorriso e a face, assim como algumas regiões específicas do rosto, como queixo, nariz, lábios, dentes ou a região malar, onde estão os ossos da bochecha.


Em resumo, ela ajuda a melhorar a parte estética, a auto estima e a qualidade de vida do paciente e está em constante expansão.


Saúde coletiva


A saúde coletiva na odontologia inclui uma série de ações educativas e preventivas, que são realizadas tanto individualmente quanto coletivamente. Essas ações visam reduzir os fatores de risco que ameaçam a saúde do indivíduo, além de passar adiante informações de proteção à saúde.


O profissional da saúde coletiva enxerga o paciente realmente como uma pessoa em todas as suas complexidades e patologias. Ou seja, se há alguma doença, ou suspeita de doença, o dentista da saúde da família pode pedir exames mesmo que não tenha relação direta com a odontologia.


Alinhadores invisíveis


Alinhadores Ortodônticos Invisíveis também são uma grande tendência para quem trabalha na odontologia. Esses alinhadores são placas alinhadoras usadas em tratamentos odontológicos que visam a melhora da saúde bucal e estética dos pacientes, através da correção no alinhamento da dentição. Eles costumam ser discretos, de fácil remoção e muito eficientes.


Muitos profissionais se perguntam: por que trabalhar com alinhadores ortodônticos? Visto que costumam ser mais caros, o que demanda um público com maior poder aquisitivo.


Em paralelo a isso, mesmo sendo um tratamento em plena expansão, existem poucos profissionais especializados no assunto, o que se torna um diferencial importante e uma oportunidade para quem deseja aumentar o faturamento e crescer profissionalmente.


Inteligência Artificial


Talvez você já tenha ouvido essa expressão em algum filme de ficção científica ou algum vídeo sobre ciência do futuro. Mas a inteligência artificial já está presente nas nossas vidas nas mais variadas formas.


A inteligência artificial se refere a tecnologia capaz de criar sistemas e padrões que funcionam de forma independente e otimizada. Dessa forma, ela consegue executar processos sem a ajuda operacional de um ser humano, tudo de forma rápida e com máxima precisão, por isso, a chamamos de “inteligente”.


E na odontologia? Na odontologia encontramos a tecnologia CAD/CAM, utilizada no processo de mapeamento e produção de peças dentárias como coroas, prótese dentária, aparelhos, entre outros.


Essa tecnologia faz um trabalho minucioso para moldar o tamanho e a forma exata de cada peça. Dessa forma, o resultado final fica praticamente ideal, e ganha máxima qualidade.


Sistema de gestão


Servindo para qualquer uma das áreas da odontologia, um software odontológico de gestão tem como objetivo otimizar os processos da sua clínica, desde o agendamento, passando pelo diagnóstico digital e indo até o acompanhamento do pagamento de parcelas do tratamento.


Um software odontológico completo facilita a vida do dentista e aumenta os seus resultados, pois suas ferramentas permitem otimizar a execução de vários processos. Logo, não é difícil imaginar um futuro em que um sistema de gestão digital seja considerado essencial para o sucesso de uma clínica odontológica.


Como é o mercado de trabalho?


O mercado de trabalho para o profissional de odontologia está em constante expansão, pois existem diversas possibilidades de especialização e crescimento. Atualmente podemos trabalhar em hospitais, clínicas odontológicas, postos de saúde, cooperativas, sindicatos, escolas, entre outras. Além, claro, de abrir o próprio consultório.


A maior fatia de mercado hoje em dia está nas regiões sul e sudeste do país, onde se concentra a maior oferta universitária de odontologia e mais da metade dos dentistas do país. Aparentemente, poderíamos avaliar que o mercado está saturado, porém a demanda é muito grande nesses polos.


Na parte norte, nordeste e centro-oeste existe uma carência maior de profissionais, de modo que apresentam mais vagas em aberto, tanto para o setor público como privado.


Dessa forma, entendemos que as áreas da odontologia no Brasil possuem imenso potencial atual e futuro. Os próximos 10 anos prometem ser de pleno crescimento e altamente lucrativos para os profissionais.


Posso trabalhar por conta própria?


Ao contrário do que possa parecer, o processo para se tornar um dentista autônomo não é tão complicado, mas exige muita atenção às informações necessárias e planejamento para que não haja surpresas.


Saber fazer um bom planejamento, escolher uma boa localização, quais equipamentos comprar e estar em dia juridicamente com suas responsabilidades são fatores indispensáveis para o sucesso do seu negócio.


E para te ajudar nesse processo de independência preparamos um artigo bastante prático, confira: Clínica Odontológica: Guia para montar a sua e ter sucesso.


Conclusão


Entender e decidir seu campo de atuação vai ser essencial para o seu sucesso profissional. Estude bem as principais áreas da odontologia que temos hoje e identifique a que você tem mais afinidade, conciliando sua satisfação pessoal com as suas expectativas de ganhos. Essa será a equação perfeita para o seu sucesso.


É importante, também, estar atento constantemente às novidades que surgem e abraçar de vez a tecnologia. Estudar e dominar os avanços que estão surgindo te colocam à frente da concorrência e proporcionam tratamentos com mais qualidade e praticidade para seus pacientes. Isso serve para qualquer uma das áreas da odontologia atual.


Além disso, atualmente, o cirurgião dentista não depende apenas de seus conhecimentos técnicos para alcançar o sucesso. É preciso também, aprender a gerir seu consultório e entender que está adiante de um negócio, de um empreendimento.


Para entender melhor como deve funcionar a parte financeira da sua clínica, não deixe de conferir este artigo: Por onde começar a organização financeira na odontologia?


1.203 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Comentarios


bottom of page