Harmonização Facial: o procedimento para transformar sua clínica

Atualizado: 22 de mar.

A harmonização facial é a combinação de procedimentos estéticos que tem o objetivo de melhorar a aparência, rejuvenescer ou apenas realçar a beleza facial. Em alta entre famosos e anônimos, pode ser a oportunidade de elevar sua clínica a um novo patamar.


harmonização facial, profissional apresentando o plano de tratamento para a paciente
Harmonização Facial: o procedimento para transformar sua clínica.

Quando falamos em Harmonização Facial, os números mostram um dos serviços de estética mais procurados atualmente. Afinal, segundo dados levantados pelo G1, somente entre 2014 e 2020 o número de procedimentos realizados subiu de 72 mil para 256 mil ao ano.


A alta demanda de clientes buscando por procedimentos desse tipo, faz desse serviço, um terreno fértil para profissionais que buscam manter uma agenda sempre cheia e a alta lucratividade em suas clínicas.


Pensando nisso, nós desenvolvemos neste post um guia completo com todos os detalhes sobre a harmonização facial e como vender esse tipo de serviço obtendo excelentes resultados para sua clínica e seus pacientes.



O que é a Harmonização Facial?


A harmonização facial consiste em um conjunto de procedimentos estéticos realizados com o objetivo de harmonizar os traços do rosto do paciente, criando um equilíbrio estético e funcional integrado.


harmonização facial, imagem de uma mulher com seus traços faciais ressaltados
A harmonização facial cria um equilíbrio estético e funcional integrado.

Em resumo, a harmonização facial trabalha a estética do rosto, modificando as suas proporcionalidades. Por exemplo, ao aumentar ou ajustar a maçã do rosto, ou o queixo, é possível proporcionalmente diminuir e ajustar os traços de outros pontos faciais.


A ideia central dessa técnica é tratar diversas insatisfações do paciente de uma única vez. Por isso, ela pode servir para diversos propósitos estéticos, como:


  • Redução de papada;

  • Redução de olheiras;

  • Redução de rugas e marcas de expressão;

  • Aumento dos lábios;

  • Definição de mandíbula;

  • Mudanças sutis no nariz;

  • Aumento ou diminuição do queixo e testa.


Tudo é feito através da combinação de procedimentos odontológicos e estéticos, que quando trabalhadas de forma correta, permitem melhorar tanto a aparência física, quanto a autoestima e qualidade de vida dos pacientes.


Por se tratar da realização de procedimentos estéticos não cirúrgicos e minimamente invasivos, a recuperação ocorre de forma simples, usualmente com o paciente já podendo retomar suas atividades diárias no mesmo dia.


Já os resultados da harmonização facial são considerados temporários, geralmente variando de 12 a 18 meses, o que a torna um bom aliado para os profissionais que pensam na fidelização de pacientes e na venda recorrente de procedimentos.



Quais os benefícios deste procedimento para o paciente?