...

Avaliação Estética: entenda a importância de realizar este processo na sua clínica

João Victor Paiva
Junho 21, 2024
7 min para ler
Atendimento ao Paciente, Organização e Produtividade
Compartilhe

Inscreva-se na Newsletter Clinicorp

Receba em primeira mão nossos posts diretamente em seu e-mail

Atualizado: 23 de ago. de 2023

A avaliação estética é o momento ideal para o profissional entender quais são as necessidades do paciente e, dessa forma, oferecer o plano de tratamento mais adequado a cada caso.

profissional fazendo a avaliação estética de uma paciente
Avaliação Estética: entenda a importância deste processo.

Os pacientes chegam a sua clínica de estética com o desejo, e muitas vezes, a necessidade de mudar algum aspecto estético do corpo. Seja para melhorar a autoestima, bem-estar ou até mesmo a qualidade de vida, as motivações são inúmeras e você precisa entendê-las.

Como profissional responsável por atender o paciente, você precisa ainda analisar a área a ser tratada, o histórico de saúde e demais detalhes que possam interferir no plano de tratamento, para assim, definir quais os procedimentos indicados para o caso.

Esse processo é conhecido como avaliação estética e neste artigo nós vamos explicar sua importância e como elaborá-lo de forma eficiente, durante o atendimento aos seus pacientes.

Neste blog você verá:

Continue a leitura e confira!

Leia também: 7 regras de ouro para divulgar sua clínica de estética nas redes sociais

O que é a avaliação estética?

A avaliação estética consiste nas etapas iniciais da primeira consulta de um paciente, onde o profissional busca entender quais são os desejos e necessidades dele, assim como avalia aspectos do histórico de saúde que possam interferir no andamento do tratamento.

Para isso, o profissional deve recorrer a recursos como o preenchimento da ficha de anamnese, para conhecer melhor o paciente e seu histórico de saúde.

A avaliação estética inclui ainda, a realização de exames físicos para avaliar a pele, por exemplo, e determinar qual tratamento trará ou não os resultados desejados.

Em resumo, a avaliação estética é um procedimento considerado padrão sempre que um paciente estiver em sua primeira consulta. Assim, tanto o profissional quanto o paciente têm muito mais segurança antes de realizar qualquer procedimento.

https://6e68f890-7374-42d1-bb03-1bea1ffaaf2f.usrfiles.com/html/2b2e4b_d767b483cae16e027c4ea8ac7906fbf4.html

A importância da avaliação estética

Na área da estética, essa avaliação tem papel fundamental na hora do profissional definir quais procedimentos oferecer ao paciente, pois ele identifica queixas, contra indicações e tem segurança para desenvolver o plano de tratamento.

Ainda através dela, é possível identificar fatores que possam ocasionar complicações durante a realização de um procedimento, como alergias e contraindicações a medicamentos que o paciente possui, por exemplo.

A avaliação estética é a base para que o profissional construa um plano de tratamento robusto e eficiente, que guie os resultados rumo aos objetivos pretendidos pelo paciente.

Você já conhece o Clinicast: o podcast da Clinicorp? Ainda não? Então, confira esse episódio exclusivo sobre o panorama do mercado de estética:

https://6e68f890-7374-42d1-bb03-1bea1ffaaf2f.usrfiles.com/html/2b2e4b_d767b483cae16e027c4ea8ac7906fbf4.html

Como a avaliação estética funciona?

A avaliação estética deve acontecer durante a primeira consulta.

Para ser feita da forma correta, que seja realmente útil para o profissional, ela é divida em três etapas essenciais: preenchimento da ficha de anamnese, exame físico para avaliação da área que será tratada e o registro fotográfico para planejamento e acompanhamento.

esteticista avaliando a pele do paciente
Conheça as 3 principais etapas da avaliação estética.

Cada uma dessas etapas tem importância singular para garantir que o plano de tratamento executado atenda as necessidades do paciente. Abaixo vou explicar melhor cada uma delas:

Anamnese

O preenchimento da ficha de anamnese é o primeiro passo para realizar a avaliação estética. Ela nada mais é do que uma entrevista feita para que o profissional conheça melhor as necessidades, queixas e desejos do seu paciente.

A anamnese deve ser usada para diagnosticar o paciente e indicar o tratamento mais adequado as necessidades dele. Como qualquer procedimento realizado em uma clínica de estética, a anamnese possui técnicas para ser aplicada, para assim, fornecer um diagnóstico seguro.

As demais etapas da avaliação estética, como análise da pele e da região a ser tratada devem ser feitas somente após o preenchimento da anamnese.

Abaixo, separei algumas das perguntas mais relevantes a serem feitas durante o preenchimento da anamnese em uma avaliação estética:

  • Perguntas Abertas:

Comece a entrevista de anamnese com esse tipo de pergunta, pois elas apresentam liberdade de resposta.

Exemplo: “qual o motivo de sua consulta?” ou “por que você procurou nossa clínica de estética?”.

  • Perguntas Focadas:

Aqui, você delibera a área a ser questionada, mas deve conceder uma liberdade de resposta ao paciente.

Exemplo: “descreva o que lhe incomoda” ou “quais tipos de cosméticos você usa?”.

  • Perguntas Fechadas:

Permitem como resposta apenas “sim” ou “não” ou um número, como idade, número de filhos, vezes ao dia etc.

Exemplo: “você usa protetor solar todos os dias?” ou “quantas vezes você aplica o filtro solar?”.

Além das perguntas acima, é importante que você inclua perguntas relacionadas ao histórico de saúde do paciente. Esses detalhes são essenciais para evitar problemas durante a realização de qualquer procedimento.

Exame físico

Na avaliação estética, o exame físico consiste na avaliação de aspectos corporais que estejam diretamente relacionados aos procedimentos que serão realizados.

Para que você entenda melhor, eu separei eles em três tipos de avaliação diferentes, onde cada uma atende a diferentes necessidades de avaliação.

Sendo assim, nós temos a avaliação estética facial, capilar e corporal. Vamos falar um pouco sobre cada uma delas, logo abaixo:

  • Avaliação Estética Facial:

A nossa face é o principal alvo de agentes externos, como poluição e raios UV. Além disso, ela é responsável por externar reações fisiológicas, como acnes, e também as emocionais, como a alegria.

Por se tratar de uma área muito delicada e complexa em termos de tratamentos estéticos, o profissional deve fazer uma avaliação detalhada da face, analisando as principais métricas de saúde da pele.

Essa avaliação é indispensável na definição de planos de tratamento faciais e pode envolver a aplicação de protocolos como Escala de Fitzpatrick, Sistema de Baumann e MelasQoL, entre outros.

  • Avaliação Estética Capilar:

Tratar os fios de um paciente significa contribuir para a preservação de sua identidade, afinal, há quem diga que os cabelos são uma potência cultural.

Por isso, na avaliação estética capilar o profissional compreende quais recursos devem ser empregados para identificar as diferentes afecções que podem atingir pelos e cabelos.

A avaliação estética capilar é amplamente empregada na terapia capilar, uma técnica que possibilita ao profissional de estética fazer a avaliação de possíveis alterações e patologias no couro cabeludo do paciente.

  • Avaliação Estética Corporal:

Os tratamentos de estética corporal exigem uma avaliação aprofundada do paciente, uma vez que, em muitos casos, as afecções se manifestam de maneira paralela.

Neste tipo de avaliação, o profissional utiliza ferramentas que permitem compreender o biotipo corporal do paciente, bem como faz uma avaliação das áreas a serem tratadas, retirando medidas, entre outras análises.

Existe ainda um quarto tipo de avaliação, os exames laboratoriais pertinentes a procedimentos estéticos, que são geralmente exigidos quando se necessita de aporte fisiológico adequado e de respostas celulares correspondentes ao objetivo do tratamento.

Registro fotográfico

A etapa de registro fotográfico é conhecida na avaliação estética como fotodocumentação, sendo um protocolo que consiste em documentar através de fotos, todas as etapas da realização de um tratamento estético, desde suas etapas iniciais.

Essas fotos servem como material de apoio para o planejamento, execução e acompanhamento da evolução do paciente. Nesse aspecto, a fotodocumentação ajuda o paciente na percepção dos resultados do procedimento, principalmente na avaliação do antes e depois.

Para mais detalhes sobre a importância da fotodocumentação e como realizá-la da forma correta, leia este artigo: Fotodocumentação: 5 dicas incríveis para fotografar pacientes de estética.

Quais são os benefícios da avaliação estética?

dermatologista avaliando a pele da paciente
A avaliação estética traz benefícios para o profissional e seus pacientes.

Como mostrei até aqui, a avaliação estética oferece diversos benefícios. Entretanto, existem alguns que fazem toda a diferença tanto na qualidade do atendimento quanto do resultado dos procedimentos. Abaixo listei os principais:

Resolução de dúvidas

Ao ter uma conversa franca com o paciente, entendendo os desejos e necessidades dele, o profissional consegue sanar eventuais dúvidas antes de definir o plano de tratamento ideal.

Ainda durante a avaliação estética, existe a possibilidade de o paciente expor as dúvidas deles sobre os procedimentos e todos os fatores envolvidos.

Estruturação do protocolo de tratamento

Com uma visão global das necessidades do paciente e as informações obtidas durante as etapas da avaliação estética, o profissional pode escolher de forma muito mais assertiva os tratamentos para alcançar os resultados desejados.

Ou seja, a avaliação estética proporciona segurança para o profissional e seus pacientes, pois traz mais eficiência à estruturação do protocolo de tratamento.

Possibilidade de tratamento individualizado

Como a avaliação estética permite que o profissional construa um protocolo de tratamento bem estruturado, conhecendo as peculiaridades de cada caso e paciente, os tratamentos ficam muito mais individualizados.

Na estética, está é um benefício que faz toda a diferença na experiência do paciente e na qualidade dos resultados alcançados em cada procedimento.

Quanto custa uma avaliação estética?

Uma avaliação estética detalhada tem duração média de 45 minutos a uma hora e o preço a ser cobrado deve considerar o seu público, as pretensões de lucro da sua clínica e alguns outros fatores que detalho a seguir.

Neste aspecto, saber como precificar um serviço é fundamental para que sua clínica tenha bons resultados financeiros, o que é essencial para cobrir todos os seus custos e ainda gerar uma margem de lucro satisfatória.

Abaixo, alguns fatores a se considerar na hora de definir o preço de uma avaliação estética:

  • Saiba diferenciar custo e valor;
  • Identifique todos os seus custos;
  • Defina uma margem de lucro.

Além disso, existem outras variáveis que podem influenciar, para mais ou para menos e, por isso, é importante conhecer um pouco mais sobre o mercado onde você atua.

Para isso, você pode fazer uma pesquisa de preço com outros lugares ou profissionais que atendem na mesma região, por exemplo.

O que um profissional de estética deve avaliar para traçar um tratamento?

A avaliação estética é um dos alicerces para a construção de um plano de tratamento completo, capaz de solucionar as necessidades específicas de cada caso. Com os dados obtidos você deve construir seu plano de tratamento como uma linha do tempo para seu paciente e discutir cada procedimento, incluindo os intervalos entre eles.

Nessa etapa, é essencial que você se certifique de que o paciente compreenda a importância do plano de tratamento quanto a qualidade dos resultados.

As informações coletadas no exame físico são de extrema importância nesta etapa, pois são elas que apresentam os detalhes das áreas a serem tratadas.

Esses detalhes ajudam na definição do procedimento ideal, a frequência necessária, e demais detalhes referentes ao plano de tratamento.

Por exemplo, em tratamentos como a harmonização facial, é necessário um conjunto de tratamentos para garantir os resultados. Ao detalhar isso, você ajuda o paciente a se sentir preparado e a entender o conceito por trás do plano.

Prescrição de dermocosméticos personalizados para cada paciente e necessidade: entenda como a avaliação estética pode auxiliar

Outra área da estética onde a avaliação se faz necessária, é na prescrição de dermocosméticos manipulados. Para esse tipo de tratamento, conhecer o paciente e todos os detalhes relacionados à saúde da pele é essencial, pelo fato de permitir o ajuste individual da fórmula para cada paciente.

pessoa passando cosmético nas mãos
A avaliação estética ajuda na prescrição de tratamentos dermocosméticos.

Como cada tipo de pele necessita de um tratamento específico, a avaliação estética é um processo que facilita a prescrição dos dermocosméticos adequados para garantir o sucesso do tratamento.

Conclusão

A avaliação estética é um dos processos mais importantes para garantir a segurança e qualidade dos procedimentos realizados em uma clínica de estética. A ficha de anamnese é uma ferramenta que facilita ao profissional conhecer melhor o seu paciente, para assim definir o plano de tratamento ideal.

O software para clínicas de estética Clinicorp, possui ferramentas que otimizam todas as etapas da avaliação estética.

Em nossa solução você encontra ficha de anamnese, prontuário eletrônico do paciente, armazenamento de imagens digitais e diversas ferramentas essenciais para registrar todos os dados de pacientes, de forma eficiente e segura.

Solicite agora mesmo uma demonstração e conheça todas as nossas soluções para a gestão de clínicas de estética.

Solicite o contato de um especialista da Clinicorp

Homem de social trabalhando em seu computador.

Você também vai gostar desses conteúdos

Receba conteúdos relevantes toda semana no seu e-mail​

Ei, não vai embora ainda!

Que tal tirar suas dúvidas com um especialista Clinicorp?