• Suporte 3
  • Comercial
  • whatsapp2
INSCREVA-SE PARA RECEBER NOVIDADES E CONTEÚDOS EXCLUSIVOS
  • Clinicorp

Teleodontologia: forte tendência na nova era da Odontologia Digital

Atualizado: Jun 10

Teleodontologia: descubra o que é e como usar durante a pandemia do coronavírus


Mesmo em tempos de pandemia, onde o isolamento social vem sendo peça chave para combater o novo coronavírus, os problemas odontológicos continuam surgindo.


Por outro lado, os dentistas estão entre os profissionais com maior risco de contrair o Covid-19, devido a alta exposição durante os atendimentos. Para suprir essa demanda durante a pandemia e evitar contatos desnecessários foi criado o Projeto de Lei 1253/20.


A proposta, da deputada Patricia Ferraz (Pode-AP), tramita na Câmara dos Deputados. Ele regulamenta o tratamento odontológico à distância, em caráter temporário, conhecido por teleodontologia. Conforme o texto, a modalidade contempla o atendimento pré-clínico, de suporte assistencial, consulta, de monitoramento e de diagnóstico, com uso da tecnologia e da comunicação.


Conforme o projeto de lei, o atendimento deve ocorrer diretamente entre dentista e paciente, garantido o sigilo das informações. O registro de dados clínicos precisa ser feito da mesma forma.


Com o benefício da consulta ser realizada sem o paciente sair de casa, essa tecnologia vem sendo adotada por muitos países para conter a Covid-19. Antes desta pandemia, a teleodontologia já era aplicada no Brasil e no mundo para minimizar as barreiras geográficas e fornecer uma assistência adequada às populações mais vulneráveis.


Veja formas de aplicar a teleodontologia no consultório


O atendimento odontológico presencial já foi autorizado a voltar ao normal em grande parte dos estados brasileiros, no entanto, ainda é preciso tomar medidas para minimizar os riscos de transmissão do coronavírus. A teleodontologia pode ser uma opção para os dentistas que não querem deixar de atender seus pacientes nas situações de menor gravidade ou como forma de otimizar o tempo das consultas presenciais.


Exemplos de atendimentos que o dentista pode fazer à distância:


  • Pré-triagem;

  • Esclarecer dúvidas em caso de queixa de dor ou trauma;

  • Orientar sobre higiene bucal;

  • Monitorar o pós dos tratamentos que foram feitos ou estão em andamento;

  • Monitorar pacientes em tratamento com alinhadores ortodônticos;

  • Analisar avanço do clareamento dental.

  • Controle de tratamentos de ortodontia finalizados.


Passo a passo de como fazer uma consulta por teleodontologia


1 – Primeiro você deve disponibilizar um canal de atendimento para o paciente com um telefone ou uma conta comercial no WhatsApp, por exemplo.


2- Depois que os meios de atendimento foram definidos, informe os pacientes sobre essa possibilidade de consulta. Divulgue nas redes sociais e se for possível, envie uma mensagem para cada paciente.


3 - Deixe claro para os pacientes em quais situações ele pode solicitar um teleatendimento e como ele será realizado. Chamadas de vídeo, ligações, trocas de mensagens e áudios, podem ser os meios utilizados para o atendimento.


4 – A consulta à distância também deve ter um horário marcado. Fale para os pacientes agendarem com antecedência.


5 – É importante não se esquecer de deixar profissionais à disposição para atender a demanda de pacientes à distância e dar fluxo aos atendimentos.


6 – Na consulta, o dentista deve fazer a anamnese e analisar a necessidade de uma consulta presencial. Ainda durante o atendimento, o paciente pode enviar ou mostrar imagens e encaminhar exames digitalizados para facilitar a avaliação profissional.


7 – De acordo com o projeto que regulamenta a teleodontologia, é permitida a emissão de atestados e receitas odontológicas via teleatendimento, em meio eletrônico e com a assinatura eletrônica. O pagamento da consulta também pode ser feito online.


Vale ressaltar que essa tecnologia pode tornar-se uma forte tendência na nova era da Odontologia Digital, ampliando as possibilidades para além da crise, facilitando o atendimento durante viagens, a avaliação de casos mais simples e fidelização do paciente, por exemplo. No entanto, a consulta presencial em hipótese nenhuma deve ser dispensada.


Agora que você já sabe o que é a teleodontologia e como pode utilizar essa modalidade durante a pandemia do novo coronavírus, fica ao seu critério escolher se vai, ou não, aplicar essa ferramenta.


Caso você opte por adotar a teleodontologia no seu consultório, conheça as ferramentas que a Clinicorp oferece para auxiliar neste tipo de atendimento, como prontuário digital, ficha de anamnese, assinatura eletrônica e link de pagamento.


Gostou desse artigo sobre a Teleodontologia? Ficou com alguma dúvida ou tem algo para acrescentar? É só deixar o seu comentário abaixo. Acompanhe nossas dicas aqui no blog e nos nossos canais:


Instagram: @clinicorp.co

Youtube: Clinicorp

Leia também:

Assinatura Eletrônica: Descubra como utilizar essa tecnologia na sua clínica odontológica


Como ter mais pacientes na sua clínica odontológica


0 visualização
Clinicorp Serviços Ltda

A solução mais completa para sua clínica odontológica ou estética!

Contato Suporte

Fone: (47) 3085-8337

Atendimento: das 8h às 19h (dias úteis)                           das 08h às 12h (sábados)

Contato Comercial

Atendimento: das 8h às 18h (dias úteis)  

Redes Sociais

instagram.png
facebook.png
youtube.png